Structured Query Language (SQL) é a linguagem de consulta padrão do banco de dados relacional. SQL é usado para manipular e consultar dados em bancos de dados relacionais . O fácil uso e implementação do SQL levaram muitos desenvolvedores e especialistas em banco de dados em todo o mundo a desenvolver suas próprias linguagens de consulta semelhantes ao SQL.

É importante notar que o SQL nem sempre foi a linguagem universal ou padrão para lidar com bancos de dados relacionais. Havia certas reservas em relação ao SQL no início, principalmente porque muitos engenheiros de banco de dados achavam que a sobrecarga do SQL tornaria impraticável implementá-lo em uma escala maior. No entanto, o SQL provou que seus críticos estavam errados, já que agora é a linguagem de consulta mais popular. Continue lendo este artigo para saber tudo sobre SQL, seus benefícios e seus aplicativos.

O que é SQL e por que é importante?

SQL é a linguagem de programação padronizada para gerenciar bancos de dados relacionais, criar bancos de dados SQL e manipular os dados neles realizando diferentes funções. SQL foi introduzido na década de 1970. O termo 'SQL' é pronunciado como sequela ou “ess-kew-ell”.

Tanto os administradores de banco de dados quanto os desenvolvedores usam SQL para manipular dados e escrever scripts de integração de dados. Da mesma forma, os analistas de dados usam o SQL para analisar minuciosamente um banco de dados relacional.

Importância do SQL

SQL é a melhor maneira de lidar com bancos de dados relacionais. Um banco de dados relacional organiza os dados em tabelas, como uma planilha. O SQL é importante porque pode analisar e manipular dados de qualquer tamanho, esteja você lidando com um pequeno conjunto de dados ou uma grande pilha.

Se você procura máxima eficiência e velocidade ao manipular dados, verá que o SQL é uma das melhores linguagens de desenvolvimento de banco de dados que atendem a esses requisitos. A seguir estão alguns dos benefícios mais importantes do SQL:

Linguagem de consulta rápida e portátil

SQL

SQL é uma linguagem de desenvolvimento rápida e poderosa que pode processar uma enorme quantidade de dados em um tempo muito curto. Você pode realizar operações comuns como inserção, exclusão e manipulação em segundos devido à alta eficiência do SQL.

Além disso, o SQL é uma linguagem portátil que pode ser usada em uma ampla variedade de laptops, dispositivos de jogos, computadores desktop, bancos de dados SQL e na web. É possível criar seu próprio banco de dados SQL e incorporá-lo nos aplicativos ou na web conforme suas necessidades.

Requer pouca experiência
Você não precisa ser um engenheiro ou administrador de dados completo para executar funções básicas com SQL. Se você deseja realizar uma recuperação e remoção simples de dados, não há necessidade de aprender longas linguagens de codificação e programação.

Em vez disso, você pode executar funções de manipulação de dados, como inserir, remover, selecionar e atualizar, escrevendo consultas simples. Mesmo se você quiser aprender a manipulação avançada de dados com SQL, poderá fazê-lo facilmente com alguma prática.

Idioma padronizado
Um dos principais benefícios do SQL é que ele é uma linguagem de desenvolvimento de código aberto com uma grande comunidade. Você pode encontrar muita documentação, tutoriais em vídeo e orientações de solução de problemas para se familiarizar com os vários aspectos do SQL.

Lidar com Big Data
Big Data é uma parte importante da indústria de TI hoje em dia. As pessoas estão sempre procurando maneiras confiáveis e eficientes de lidar com Big Data.

O uso do SQL é uma maneira poderosa e rápida de processar grandes conjuntos de dados com a máxima precisão para proteger a integridade das informações. Tanto as grandes quanto as pequenas empresas podem usar o SQL para cumprir seus requisitos de manipulação de dados.

Para que serve o SQL?

SQL é usado para lidar com os vários aspectos de bancos de dados relacionais. Algumas das funções mais populares executadas com SQL são:

  • Criação de bancos de dados SQL
  • Modificação da tabela de banco de dados e estruturas de índice
  • Manipulação de dados adicionando, excluindo ou atualizando dados
  • Recuperando informações de dentro dos sistemas de gerenciamento de banco de dados relacional (RDBMS)
  • Análise de dados para procedimentos de transação e outras aplicações que envolvem comunicação com bancos de dados relacionais

Comandos SQL

Entender os principais comandos da Structured Query Language fica mais fácil analisando seus diferentes aspectos:

SQL commands

Linguagem de consulta de dados (DQL)

DQL é usado para buscar dados do banco de dados. Consiste apenas no comando SELECT.

Linguagem de definição de dados (DDL)

É usado para atualizar ou manipular um conjunto de dados. Os comandos incluídos no DDL são: CREATE, DROP, RENAME e ALTER.

Linguagem de manipulação de dados (DML)

O objetivo da DML é permitir a modificação de um banco de dados. Ele lida com os comandos INSERT, UPDATE e DELETE.

Linguagem de controle de transações (TCL)

O TCL está diretamente associado ao DML. Ele gerencia as modificações realizadas pelo DML para permitir que as alterações sejam agrupadas em transações lógicas. Os comandos incluídos no DQL são COMMIT, ROLLBACK e SAVEPOINT.

Linguagem de controle de dados (DCL)

Como o nome sugere, DCL é usado para definir parâmetros de permissão em um banco de dados relacional. GRANT e REVOKE são os dois principais comandos do DCL.

Por que o SQL é chamado de linguagem estruturada e não processual?

SQL é uma linguagem de consulta estruturada porque segue uma certa estrutura para realizar diferentes funções. Outra razão pela qual o 'S' em SQL significa 'estruturado' é que na década de 1960, o termo 'programação estruturada' era muito popular na indústria de desenvolvimento.

Comparado com as várias outras linguagens de programação estruturadas tradicionais, o SQL não possui mecanismos rigidamente estruturados. No entanto, ele usa o conceito de consultas estruturadas para lidar até mesmo com os tipos de dados mais complexos.

Da mesma forma, SQL é chamada de linguagem não-procedural porque é uma linguagem declarativa. Em outras palavras, você precisa especificar a função que deseja executar com uma determinada consulta, como SELECT, FROM e GROUP BY. Não há necessidade de especificar como a consulta será tratada, pois tudo isso será feito pelo mecanismo SQL. Portanto, o SQL é uma linguagem estruturada e não procedimental porque segue uma sintaxe e estrutura específicas e trata das consultas de acordo com sua necessidade.

SQL é fácil de aprender?

Se você deseja ter uma carreira de sucesso como engenheiro de dados ou qualquer trabalho técnico envolvendo manipulação de dados, terá que aprender SQL. Geralmente, o SQL é uma linguagem de desenvolvimento de banco de dados relativamente simples.

Você pode esperar estar familiarizado com os fundamentos do SQL dentro de duas a três semanas. Se você deseja usar o SQL para conseguir um emprego, é necessário fazer cursos avançados de gerenciamento de banco de dados para obter um excelente domínio do SQL e da criação e gerenciamento de bancos de dados .

A curva de aprendizado do SQL ou de qualquer outra linguagem de desenvolvimento também depende do seu estilo de aprendizado. Se você tentar aprender SQL apenas por meio de livros, há uma grande chance de precisar de muito tempo para fazê-lo. No entanto, suponha que você aprenda SQL por meio de cursos confiáveis e o pratique regularmente. Nesse caso, você poderá acelerar o processo de aprendizado e se tornar realmente bom em SQL e executar consultas de banco de dados complexas rapidamente.

Exemplo de consulta SQL

Vamos dar um exemplo simples de uma consulta SQL que usa o comando SELECT.

A finalidade de usar a instrução SELECT é indicar ao otimizador de consulta quais dados retornar, quais tabelas analisar, quais relações seguir e a ordem a ser imposta aos dados retornados. O funcionamento e a análise do banco de dados relacional também dependem de como ele é projetado e de como os índices são organizados. Todo o banco de dados SQL pode ficar lento se você omitir informações importantes do comando.

Se você quiser selecionar os dados da tabela de clientes, você usará a seguinte consulta:

SELECT * DE Clientes;

Essa consulta solicitará todos os campos e todas as linhas da tabela Clientes. No entanto, se a tabela Customers tiver milhões de linhas e campos, pode levar algum tempo para o sistema analisar e executar a consulta corretamente.

Portanto, é muito melhor restringir sua consulta e torná-la específica para os dados que você deseja selecionar na tabela de clientes:

SELECT TOP 45 companyName, total de vendas* FROM Customers

WHERE estado = "Califórnia";

Depois de executar essa consulta, você obterá dados significativamente menos e mais focados. Você obterá o nome e as vendas totais das 45 principais empresas localizadas na Califórnia.

Existe uma lista de verificação de habilidades para SQL (Structured Query Language)?

Não há uma lista específica de habilidades que você deve aprender para ser bom em Structured Query Language. Geralmente, ter experiência em programação ou desenvolvimento nem é necessário para aprender linguagens de banco de dados como SQL.

Com prática e orientação adequadas, você pode dominar todos os aspectos do SQL. A chave é começar do básico e praticar regularmente para garantir que você entenda a teoria e a implementação prática.

Alguns dos tópicos mais importantes que você deve abordar ao aprender SQL são:

  • Regras tradicionais para design de mesa
  • Noções básicas de tabelas de banco de dados
  • Tipos de dados e operadores de conversão
  • Operadores lógicos e condicionais
  • Comandos SQL que incluem DDL, DML (operações CRUD), TCL e DCL
  • Operações JOIN para lidar com várias tabelas
  • Implementação de instruções SQL em bancos de dados da vida real
  • Diferenças entre bancos de dados relacionais e não relacionais
  • Sinta-se à vontade para escrever instruções SQL

Se você deseja ser um excelente engenheiro ou administrador de banco de dados, deve ser consistente em seus esforços e praticar diferentes instruções SQL regularmente. Trabalhe em diferentes tipos de bancos de dados e tabelas para manipular dados.

O que é SQL Server?

SQL Server é um RDBMS desenvolvido pela Microsoft. Ele permite que os usuários escrevam consultas SQL simples e avançadas. Você pode usar o SQL Server para lidar com tópicos complexos, como manipulação de exceções e procedimentos de armazenamento.

SQL server

Além disso, o mecanismo de banco de dados do SQL Server consiste em duas partes:

  • Motor relacional para processar comandos e consultas.
  • Mecanismo de armazenamento para gerenciar diferentes bancos de dados, como arquivos, índices e tabelas.

Benefícios do SQL Server

1. Rápido e fácil de instalar
O Microsoft SQL possui um assistente de configuração e é simples de usar. O SQL Server fornece uma interface de instalação amigável em contraste com outros servidores de banco de dados que precisam de configuração complexa de linha de comando. Possui uma GUI compreensível e vários tutoriais, além do método de instalação com um clique. As atualizações automáticas economizam custos de manutenção e ajudam a manter o banco de dados atualizado com as tendências. Serviços de banco de dados e serviços analíticos podem ser adicionados posteriormente de forma independente.

2. Desempenho impressionante
O SQL Server oferece maior velocidade devido às suas tecnologias integradas de compressão e criptografia de dados transparentes. Os usuários não precisam alterar os aplicativos para proteger e criptografar os dados. Restrições de acesso e recursos eficazes de gerenciamento de permissões são fornecidos para ajudar os usuários a proteger dados corporativos críticos.

3.Segurança
Como o banco de dados do SQL Server emprega métodos de criptografia complexos, não é fácil penetrar nos níveis de segurança. Um banco de dados relacional comercial possui medidas de segurança extras para diminuir o risco de ataques.

4. Acessibilidade
As funções eficientes de mineração de dados, particionamento de disco e gerenciamento de dados dos servidores SQL auxiliam na manutenção de dados críticos e fornecem espaço de armazenamento para dados muito confidenciais.

Práticas recomendadas para projetar um banco de dados SQL

Muitas pessoas, mesmo engenheiros de banco de dados experientes, cometem o erro de criar um banco de dados confuso e ineficiente devido à falta de habilidades ou recursos de banco de dados disponíveis. Seja qual for a situação, existem certas práticas recomendadas que você deve seguir para projetar um banco de dados eficiente e confiável. Essas práticas são:

  • Considere todos os pontos de vista do banco de dados para criar um design lógico.
  • Defina tipos e tamanhos de dados.
  • Certifique-se de que o SQL seja a melhor linguagem de banco de dados para atender aos seus requisitos.
  • Normalize os dados para evitar redundância.
  • Torne a estrutura transparente para que futuros usuários possam entendê-la e manipulá-la.
  • Defina restrições e índices clusterizados para garantir a integridade dos dados.
  • Preparar documentação completa.
  • Faça backup de seu banco de dados para garantir que todos os seus dados e tabelas estejam protegidos em caso de desastre de dados.

Conclusão

Sem dúvida, usar SQL é uma linguagem de programação altamente confiável e eficiente para lidar com bancos de dados relacionais. SQL oferece grandes benefícios, devido ao qual é a linguagem de consulta mais popular.

No entanto, isso não significa que não existam boas alternativas para ele. Na verdade, o setor de desenvolvimento está evoluindo rapidamente para adotar novas ferramentas e tecnologias que podem tornar os procedimentos de desenvolvimento mais fáceis, rápidos e eficientes.

O desenvolvimento sem código é uma dessas abordagens de desenvolvimento que permite criar aplicativos sem escrever uma única linha de código. Algumas pessoas assumem erroneamente que o desenvolvimento sem código é limitado apenas ao desenvolvimento front-end .

No entanto, uma ferramenta eficiente sem código como o AppMaster permite que você crie aplicativos móveis, aplicativos da Web e um poderoso back-end gerado por IA em segundos. AppMaster é uma alternativa incrível para linguagens de programação tradicionais. Você definitivamente deve considerar o uso da abordagem moderna de desenvolvimento sem código para desenvolver aplicativos sem passar pela rota tradicional de aprender o desenvolvimento de front-end ou back-end .

Perguntas frequentes sobre SQL

Qual é a diferença entre SQL e MySQL?

SQL é uma linguagem de desenvolvimento de banco de dados, enquanto o MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados. SQL Server é um dos muitos exemplos de MySQL.

Qual é a diferença entre RDBMS e DBMS?

Um RDBMS (sistema de gerenciamento de banco de dados relacional) é uma coleção de ferramentas e recursos que permitem que especialistas em TI e outros usuários criem, modifiquem, gerenciem e se comuniquem com bancos de dados relacionais. A maioria dos RDBMS comerciais acessam o banco de dados, que é mantido na forma de tabelas, usando SQL.

O sistema de banco de dados mais popular em uso por organizações em todo o mundo é o RDBMS. Ele fornece uma maneira confiável de armazenar e recuperar enormes volumes de dados. Em geral, os bancos de dados armazenam coleções de dados que podem ser acessados e usados por outros programas. Um sistema de gerenciamento de banco de dados suporta a criação, manutenção e uso de plataformas de banco de dados.

SQL é uma linguagem de back-end?

Sim, SQL é uma linguagem de programação de banco de dados usada para criar e gerenciar bancos de dados relacionais, como tabelas.